Luís Ribeiro – Saxofone

FotoCV_luís_ribeiro

Natural de Caldas das Taipas, começou a estudar música na Banda Musical de Caldas das Taipas com 11 anos de idade. Em 1995 ingressou no Conservatório de Música do Porto. Posteriormente ingressou na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto, onde conclui a licenciatura em instrumento/saxofone.

Diplomado em Saxofone, Pós-Graduado em Pedagogia do Saxofone e Mestre em Ensino da Música, como solista já se apresentou por diversas vezes com a variadas orquestras portuguesas e estrangeiras.

Foi o único saxofonista vencedor do 1º prémio do “Concurso Helena Sá e Costa – 2004”, concurso realizado pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto.

Editou em 2014 o CD “Metamorfoses” com a pianista checa Ingrid Sotolarova e em 2019 apresentou o trabalho discográfico “Quasi una Fantasia”, sendo agraciado com o prémio “Silver Star” no concurso internacional “Music and Stars Awards”.

Tem sido convidado a realizar masterclasses, participar em festivais internacionais e em júris de concursos nacionais e internacionais. Em 2012 foi convidado a integrar o 35º International Saxophone Symposium, realizado em Washington, Estados Unidos da América. Em 2015 esteve presente no 17º Congresso Mundial de Saxofone em Estrasburgo, onde realizou três estreias mundiais de obras de compositores portugueses a si dedicadas.

É Director artístico da Orquestra de Saxofones do Minho e da Academia Internacional de Saxofone sediada em Braga. Membro fundador da direção da Associação Portuguesa do Saxofone que organizou o “EurSax17” Congresso Europeu de Saxofone, na cidade do Porto.

Exerceu funções na Academia de Música Valentim Moreira de Sá em Guimarães, no Conservatório de Música de Águeda, Companhia da Música em Braga e no Conservatório de Música do Porto. Por concurso público, desde 2013 lecciona na Escola Artística do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. É professor convidado equiparado a auxiliar no Departamento de Música da Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas da Universidade do Minho.  É doutorando em performance pela Universidade de Évora. 

É artista internacional Mafermusica, Selmer Paris e Vandoren Paris.